quarta-feira, 7 de julho de 2010

Waking Up in Vegas

Mandy jogou suas malas no porta-malas do carro e colocou seus óculos de sol extravagantes. Um sorriso gigantesco se espalhava pelos seus lábios e assim que entrou no carro, cruzou as pernas e virou-se para mim e Claire, que se inclinou para frente no mesmo instante.
- E então, querida? Pronta para aproveitar seu último final de semana de solteira com suas melhores amigas em V-e-g-a-s? – Claire saltitou de alegria no banco de trás e Mandy me encarava com as sobrancelhas arqueadas. Eu respirei fundo, lembrando que Stefan só não implicara com a minha viagem porque também estava indo exatamente agora para sua despedida de solteiro. Bahamas. Quem sabe o que poderia acontecer lá? Sibilei um "seja o que Deus quiser" e virei a chave do conversível no contato. O motor rugiu e eu enfiei o pé no acelerador, rumo à Las Vegas. Quem diria?
Chegamos à cidade das luzes, capelas de casamento e caça-níqueis em algumas poucas horas e eu mal podia acreditar quando deixamos as malas no hotel e saímos para a tão falada noite de Las Vegas. Mandy sorria maliciosamente no banco do conversível e Claire dizia o tempo inteiro que tinha somente uma chance de ficar rica e ela não podia perdê-la de maneira alguma. Paramos no primeiro cassino que encontramos e Mandy logo me arrastou para o bar, enquanto Claire corria a passos miúdos para o lado dos caça-níqueis. Mandy pediu duas doses de conhaque e empurrou um copo para mim quando o barman entregou-lhe a bebida. Eu chacoalhei a cabeça e ela gargalhou, empurrando o copo para mim:
- Vê isso, amiga? – ela abraçou meus ombros e me virou para olhar o salão do cassino. - É Vegas, é nosso sonho se realizando! Ou já se esqueceu que um dos seus maiores sonhos era ter a despedida de solteira com suas melhores amigas aqui? Vamos, beba!
Eu ri e virei o copo, sentindo a bebida descer rasgando pela minha garganta. Não pude controlar uma careta e ela riu, dizendo que esse era o espírito da "coisa" toda. Claire veio para o nosso lado alguns copos de conhaque depois, dizendo que aquele cassino não estava lhe dando sorte. Pediu um drink de abacaxi sem álcool ao barman e sorriu, batendo seu copo de encontro ao meu.
- Só esse e logo iremos para outro clube. Eu dirijo, até porque vocês já estão bem loucas. A noite é uma criança e quem sabe o que pode acontecer?
...
Um raio de luz invadia o quarto de hotel e eu tapei os olhos com as mãos, sentindo minha cabeça rodopiar. Virei a cabeça para meu lado esquerdo e encontrei Claire abraçada a três pacotes de dinheiro, um sorriso tonto nos lábios e a roupa completamente suja de lama. Apoiada no criado mudo, cambaleei para fora da cama e percebi que não teria muito trabalho em encontrar Mandy. Ela estava jogada no sofá branco, enrolada nos braços do barman que encontramos no primeiro cassino. Ele estava vestindo apenas uma sunga verde-limão e ela tinha a roupa completamente encharcada, a cabeça escondida nos ombros do barman e um pequeno anel de doce se destacava no seu dedo anelar fino e branco. Eu ri e tropecei em um par dos scarpins de Claire, fazendo com que Mandy acordasse em um pulo. O barman musculoso nem se mexeu.
Ela virou o rosto para mim, se apoiou sobre os cotovelos e beijando os lábios do barman adormecido, tirou o anel de doce do dedo e indicou o meu dedo anelar. Nele, brilhava um arco dourado de latão.
- Ai meu Deus! – eu encarei o anel no meu dedo e ergui os olhos para minha amiga. – Mandy, o que e-xa-ta-men-te aconteceu?
- Não se preocupe, amiga. – ela virou os olhos para a direita e só então eu percebi um homem jogado no corredor do quarto. Ele era irmão gêmeo do barman que dormia sob o corpo de Mandy e tinha o mesmo anel de latão no dedo. – Pelo menos a sua "aliança" não é de doce.
Eu ri e percebi que Claire também já estava acordada, sentada na cama com as pernas dobradas e os três pacotes de dinheiro sob o colo. Seus olhos brilhavam e quando eu perguntei da onde saira aquele dinheiro, ela desconversou e disse que só importava o que ela faria com ele agora.
- Ei, Caroline, relaxa. – Mandy deitou a cabeça no peito do barman e sorriu, fechando os olhos. – O que acontece em Vegas, simplesmente fica em Vegas, com exceção do meu affair com o barman.


Espero que gostem, escrevi inspirada em uma vontade que eu realmente tenho: Vegas! Tudo nessa cidade me encanta e eu tenho certeza que um dia ainda a conhecerei. :)
É isso gente, até o próximo post! xxx

21 comentários:

Natasha Knorst disse...

HAUHASUAHS Adorei a história, super divertida!
O teu blog é lindo :D

Monique Premazzi disse...

AI FALA SÉRIO! EU SONHO COM O DIA QUE VOU PASSAR DIAS EM VEGAS E PERDER O CONTROLE DE TUDO -Q KKKKKKKKKKKKKKKK

Texto ficou muito bom, divertido como sempre. É seu né? Sou suspeita pra falar :P Amo aqui *-*

Mah não me mate! Mas, eu AMO escrever texto com caras perfeitos porque assim eu posso fazer de conta que existe mesmo pessoas assim, porque no mundo ta tenso de achar, alias, não tem -q KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK E leia sussurro, eu me apaixonei desde o primeiro segundo e virou o meu livro preferido de todos os tempos!

Thizi disse...

Esperei tanto para vir aqui que acabei perdendo um conto!!!!!!
MAs viu esse ai me fez perceber que você tem o dom de escrever maravilhosamente bem e prender o leitor até o fim.
Fiquei aqui de boca aberta com o fim

disse...

Cary, que bom que você voltou também! E que bom saber que uma pessoa como você, cuja escrita me agrada tanto, também gosta do que eu escrevo (: E adorei esse texto, me divirto muito com histórias loucas que se passam em Las Vegas, tô doida para ver o que vai acontecer! Beijos.

Vanessa disse...

hehehehe adorei a história!
Nunca pensei em conhecer Vegas....deve ser uma cidade muuuito louca!! O que acontecer lá, realmente precisa morrer lá!

Raíssa Santos disse...

KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK' EU RI MUUUITO DO SEU CONTO.
Coitada das duas, se casaram. Eu adoro histórias assim. Tinha lido uma em que as duas amigas se casaram, tipo, tadinhas KKKKKKK
Beijos

Pirulito que Bate-Bate disse...

HAHAHAHAHAHA
Adorei demais, muito criativo e surpreendente! Eu já pensei em uma noite em Las Vegas, a cidade das loucuras e da luz. Deve ser incrível, não é?

Erica Ferro disse...

Uh! O que acontece em Vegas, fica em Vegas. HAUHAUHA
Gostei!

Tuas narrações são muito boas de ler, cheia de detalhes e bom humor.

Beijo, coração.

Elisa Mucida. disse...

HAHHAHA... adoreeei o texto, me senti como se estivesse lendo a inspiração da Katy Perry pra fazer a música.

UHSAUHSAHA

Beeijos :*

Natália disse...

Quero apenas os cassinos. haha bj

Yasmin c.k. disse...

Hum, Vegas, também adoraria conhecer Vegas, andar por todos aqueles cassinos, viva La Vegas! Um dia atravesso os EUA de NY a Las Vegas pela famose rota 66. ótimo texto, e que despedida de solteira a altura!

Naty Araújo disse...

Cadê seu livro, heim?
Estou a esperar pra poder comprar.

Super show... beijos

Gêsa disse...

Oi, ficou muito bacana seu texto.
Quero uma despedida assim.

Ana Lu disse...

Ei =]
Eu tbm tenho mta vontade de conhecer Vegas, mas n teria coragem de fazer loucuras assim.. hahaha.
Bjoss

Carolina Hermanas disse...

nossa, ameeeeeeei menina *_*
AHAHAHAHAH, super divertida mesmo!


AAAAH, mas o meu sonho sempre será NY.ALWAYS.AAAH, e de preferência no inverno, com toda aquela neve *_____*


Beeeijinhos!

Suelen Braga disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Suelen Braga disse...

Nossaaaa, adorei, de verdade mesmo...a forma como vc escreve nos impulsiona a ler...não é chato, nem cansativo..

Gostei muito do seu espaço...estou seguindo =*

Bia disse...

Adorei seu jeito de escrever e eu nunca tive vontade de conhecer Las Vegas mas confesso que depois de ler seu conto fiquei até com vontade HUHSDUSD
Beijos x

Vanessa disse...

Muito mais muito bom mesmo!
Adoooorei a história.
Ain Vegas meu terceiro sonho de viagem, tudo lá deve ser maravilhoso. *------------*
Parabéns pelo blog :*

Bianka Neves disse...

mt lindo *-*
te seguindo ok, principalmente pelos gostos em comum :D
Vegas é um destino mt boom mesmo, afinal tudo pode acontecer! ieoeieoeio'

marynara siqueira' disse...

kjsavdgsjkdskhdfskhdfshd'-'
a adooooorei minha linda, muito tbm morro de vontade de ir pra la hoho *.*