terça-feira, 10 de agosto de 2010

Fallin’ For You

E então ele sussurrou no pé dos cabelos loiros que caiam como uma cascata de ouro pelos ombros da garota que ainda lembrava-se com detalhes do dia em que se apaixonara perdidamente por ela. A garota sorriu por um momento e empurrou o peito do menino com as mãos, dizendo que não precisava mais conquistá-la com palavras doces e mentirosas, porque na verdade todo o seu ser já pertencia a ele.
Ele abraçou seus ombros, impedindo que ela continuasse empurrando seu corpo e encostou sua cabeça no alto da cabeleira dourada, os olhos muito verdes fixos no horizonte onde o sol já beijava o mar. Ele não estava mentindo, mas também não contrariara a garota. Ele ainda se lembrava do momento em que se apaixonara por ela.
Os olhos negros da menina estavam zanzando por todos os carros em alta velocidade que passavam na avenida à sua frente, as mãos apoiadas nos joelhos que, por sua vez, seguravam o queixo redondo da garota. Ele se aproximara com a mochila cheia de livros jogada nas costas e os olhos também fixos no movimento intenso da rua, sem nem perceber que a menina nova da sua sala estava sentada na calçada esperando o ônibus da hora.
Ele se sentara com certa distância dela e puxara os fones de ouvido para fora da camiseta, aumentando o volume e fechando os olhos para que não ficasse tonto com a velocidade dos veículos. Era mais um dia cansativo e comum, uma terça-feira sem grandes novidades.
Porém poucos segundos depois uma mão gelada chacoalhou seus ombros com uma força exagerada e, abrindo os olhos lentamente, percebera que era a magra garota de cabelos dourados que estava na sua sala há pouco mais de duas semanas. Ela tinha um sorriso sincero estampado nos lábios e assim que viu o verde dos olhos dele focalizar seu rosto, se jogou ao seu lado e começou um papo animado com o menino, que só conduzia a conversa e mostrava interesse pelos assuntos diversos que a garota falava.
Aquela era a primeira vez que ele via a menina conversar com alguém da escola.
Ela tinha gestos exagerados e quase acertara seu nariz duas vezes quando mostrava com as mãos o tamanho dos ursos de pelúcia que tinha desde pequena. Ela também tinha uma risada de sinos que poderia contagiar qualquer pessoa que estivesse à sua volta, e por mais que sua voz tivesse certo tom infantil, seus olhos eram como águas negras e profundas de um lago misteriosamente sereno. As unhas pintadas com um vermelho sangue enquanto nas orelhas ela levava duas pequenas e angelicais pérolas. Ela era um paradoxo de cabelos loiros que despertava algo estranho dentro dele.
E por mais que ele não percebesse aquilo na mesma hora, tinha se apaixonado completamente por aquela contradição de menina.

24 comentários:

Nikyta Junqueira disse...

Ainm... que lindo seu blog...*-*
Amei seus textos!!!
Estou te seguindo
Beijinhos

Passa lá no Viver Maraa!!!
Se gostar me segue também *-*
http://vivermaraa.blogspot.com/

Nikyta Junqueira disse...

Ainm... que lindo seu blog...*-*
Amei seus textos!!!
Estou te seguindo
Beijinhos

Passa lá no Viver Maraa!!!
Se gostar me segue também *-*
http://vivermaraa.blogspot.com/

Talita disse...

que lindo, ameeeeeei, é seu o texto? *_*

Joyce Carolini disse...

Oh, Carol.

Que doçura de texto! Gosto tanto dos detalhes que você sempre coloca.

E sobre a série que você mencionou no texto anterior, eu assisti. E achei ótima!

Beijo doce!
Paz!

disse...

Muito linda a história! Algumas pessoas não percebem, mas a beleza está na contradição! Adorei o texto, beijos.

Mari E. disse...

Eu sou louca pelos seus textos cara, vc manda superbem! ADORO seu blog rsrs, bem, pelo menos eu não sou a unica que acha vai ser a ultima em tudo hihihi, bjinhos!

Ellen Damaris disse...

me fez eu ser essa garota !
como sempre vs arraza !
Ela tinha um sorriso sincero estampado nos lábios
quando eu li essa parte me senti a propria kkk
beeijos arraaza sempre

Bia disse...

Lindo post , como sempre aliás , mas vale ressaltar seu dom de usar as palavras pra encantar , por isso digo e repito , MUITO BOM !
Beijos :*

Monique Premazzi disse...

Ai amiga, não suma ta bom? E a proxima atualização é o penultimo capitulo de Angel *---* To roendo as unhas pra saber o que o povo vai falar e se vão surtar pelo final OIJASPOIJSAOJAS E desconhecido particular, por enquanto está parado ;/ Mas, prometo escrever em breve.

Eu AMEI, de verdade, AMEI esse texto. Tão suave, tão apaixonante que da pra sentir o amor possuir o coração enquanto estava lendo. Lindo!

Beijinhos ;*

MiletCat disse...

Olá!!!
Mas que texto lindo!!! Adorei as descrições!!!
Smuacks pra vc!!!

Pirulito que Bate-Bate disse...

Que lindo! Você escreve muito bem, e eu já te disse isso, né? haha!
E as imagens que você usa para ilustrar as postagens são muito fofas e combinam com as histórias.

Joyce Carolini disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Joyce Carolini disse...

Carol, meu bem.

Achei tão engraçado o teu comentário. haha! Que ótimo que gosta tanto da Lena.

Tem selo pra ti!

Beijos!

Erica Ferro disse...

Vai ver que o jeito exagerado dela mexeu com o coraçãozinho dele, rs.

Bonito, Cary. Como sempre, bem doce.
Beijo.

Giselle Rayane disse...

adorei texto, e vc é cheia de detalhes que nos faz viajar. aaah, tem desafio pra vc no meu blog ;*

Carolina Hermanas disse...

Eu AMEI *_____*,lindo,lindo <3
Quero um namorado agora,comofas? AHAHAHAHAHAHAH.
Adoro suas histórias,tão cheia de detalhes.AAAI AII *_*

-

beeeeijão :)

Ariana disse...

Que lindo o seu blog, amei seus textos, vc escreve de uma maneira incrível, muito bem!

Parabéns!


bjos

Jeniffer Yara disse...

LINDO *.*

Um casal que,depois de tempos juntos,ainda se lembrar de quando se conheceram e de como toda aquela paixão nasceu,é muito lindo.
Como sempre,você escrevendo maravilhosamente *.*
Beijos.

Ju Fuzetto disse...

Fantástico!!!

Uma ternura explicita, uma contradição exagerada,apenas uma menina...

Lindo teu canto, beijo e boa quarta!!

' Jαdє Amσrιm disse...

Que coisa mais.. linda.
Super bem escrito, detalhado e fácil de ser compreendido. Menina, você tem um dom! rs

Beeijos!

Raíssa Santos disse...

Ai Ai, ler esses textos lindos me deixam tão tristinha ;x Sinto falta de amar ): Como sempre PERFEITO <3
Beijos

Elisa Mucida. disse...

Ai Cary, que perfeito, romântico, lindo!

Essa coisa de amor à primeira vista é tão surreal, tão lindo que parece mesmo impossível.

Quem sabe exista né? Amei mesmo o texto, beeijos :*

M. disse...

Ser uma contradição... Acho que é isso que fascinam os meninos e nos dar um ar de charme e mistério.

Jéssica Fiaz disse...

Olá, como vai? Eu queria convidar você que gosta de escrever - blogueiros ou não - para participarem do projeto "De onde veem as letras?".

A cada semana são dois desafios: um de leitura de imagens e um outro variado. E a cada semana teremos dois vencedores: um blogueiro e um outro não-blogueiro. E os textos serão publicados no blog: http://deondeveemasletras.blogspot.com/

Para se cadastrar e saber mais informações visite nossa comunidade: http://www.orkut.com.br/Main#Community?cmm=106177803

Obrigada!